Competências necessárias no combate à desinformação

um estudo no contexto da rede social durante a crise sanitária

Autores

  • Joao Pedro da C. Pacheco UFES
  • Meri Nadia Marques Gerlin UFES

Palavras-chave:

Acesso à Informação, Competência em Informação, Competência Leitora, Crise Sanitária, Desinformação

Resumo

Coloca-se em análise um conjunto de habilidades, conhecimentos e técnicas necessárias ao desenvolvimento das competências leitora e em informação que permitem a recuperação, compreensão e comunicação da informação (hiper)textual no ciberespaço, conduzindo à apropriação de notícias confiáveis contra a desinformação durante a crise sanitária da COVID-19. O estudo é realizado no campo da Ciência da Informação caracterizado como exploratório e descritivo, ao recorrer à pesquisa bibliográfica e ao processo de observação das atividades da Rede de Estudos das Competências da Universidade Federal do Espírito Santo que reúne, em sua maioria, docentes, bibliotecários e outros membros internos e externos à Universidade. Como resultados desta investigação, consideramos que as abordagens inter e transdisciplinares permitem fluir o diálogo e a articulação com as áreas da Biblioteconomia, Comunicação e Saúde. Identificamos a potencialidade da contribuição das novas tecnologias para o desenvolvimento das competências em leitura e em informação durante e após a pandemia (crise sanitária mundial). Em se tratando das competências estudadas, contemplam as necessidades de informação de comunidades de usuários conectados às redes digitais e sociais em diversos contextos geográficos e temporais. Com a identificação dos saberes e fazeres requeridos para a recuperação da informação confiável e utilização de ferramentas necessárias no combate à desinformação, percebemos que as ações de formação dessas competências devem contemplar conhecimentos e habilidades sobre técnicas direcionadas ao processo de acesso, avaliação crítica e uso ético dos enormes volumes de informação disponibilizados durante a crise sanitária vivida na segunda década do século XXI.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joao Pedro da C. Pacheco, UFES

Estudante finalista do Curso de Biblioteconomia e ex-bolsista de Iniciação Científica do PIIC no sétimo período e atualmente, pesquisador da Rede Brasil recebendo bolsa pela Finatec.

Meri Nadia Marques Gerlin, UFES

Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília (UnB), mestre em Educação e bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Professora Adjunta do Departamento de Biblioteconomia e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) do Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas (CCJE) da UFES. Líder do Grupo de Pesquisa "Competência leitora e competência em informação: saberes e fazeres transdisciplinares no campo da Ciência da Informação" certificado pelo CNPq.

Referências

BAPTISTA, C. Digitalização, desinformação e notícias falsas: uma perspectiva histórica. In: FIGUEIRA, J. (Org.). As fake News e a nova ordem (des)informativa na era da pós-verdade. Portugual: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2019. p. 47-62.

BELLUZZO, Regina Célia Baptista. Construção de mapas: desenvolvendo competências em informação e comunicação. 2. ed. Bauru, SP: Cá Entre Nós, 2007.

BRISOLA, Anna.; BEZERRA, Artur Coelho. Desinformação e circulação de “fake news”: distinções, diagnóstico e reação. Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, n. XIX ENANCIB, 2018. Disponível em:< https://brapci.inf.br/index.php/res/download/124659 >. Acesso em: 04 abr. 2020.

CAPURRO, Rafael.; HJORLAND, Birger. O conceito de informação. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 121, n. 1, p. 148-207, jan./abr. 2007.

CASTELLS, Manuel. A galáxia da internet: reflexões sobre a internet, os negócios e a sociedade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.

GASQUE, K. C. G. D. Competência em Informação: conceitos, características e desafios. AtoZ: novas práticas em informação e conhecimento, Curitiba, v. 2, n. 1, p. 5-9, jan./jun. 2013. Disponível em: <https://revistas.ufpr.br/atoz/article/viewFile/41315/25246>. Acesso em 20 set. 2020.

GERLIN, Meri Nadia Marques. Produção de competência leitora em espaços tempos de informação, educação e cultura. In: Seminário Hispano Brasileño: Investigación em información, documentación y sociedade, 2017, Aracajú, SE. Anais eletrônicos... Aracajú, SE: EDUNIT, 2017. Disponível em: < https://eventos.set.edu.br/index.php/simeduc/article/view/8628/2891>. Acesso em: 1 mar. 2020.

GERLIN, Meri Nadia Marques. Entre a teoria e a prática: a constituição de uma rede de formação das competências em leitura e em informação. RICI: R.Ibero-amer. Ci. Inf., Brasília, v. 13, n. 2, p. 720-735, maio/agosto 2020. Disponível em: <https://periodicos.unb.br/index.php/RICI/article/view/31682/26286> Acesso em: 06 set. 2020.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed.- São Paulo: Atlas, 2009.

HAN, Byung Chul. No enxame: Perspectivas do digital. Petrópolis: Vozes, 2018. p. 36.

LAZER, D. et al. The science of fake news. Addressing fake news requires a multidisciplinary effort. Science, 359(6380), 1094-1096, 2018. Disponivel em: < https://drive.google.com/file/d/1lnRy7r9X5v1LUb6EZ1tw78dJMu-HME73/view?usp=sharing >. Acesso em 20 jun. 2021.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 2010.

LE COADIC, Yves François. A ciência da informação. Brasília: Briquet de Lemos, 2004.

MARCONDES FILHO. Ciro. Apresentação – Fake news: o buraco é muito mais em baixo. In: FIGUEIRA, J. (Org.). As fake News e a nova ordem (des)informativa na era da pós-verdade. Portugal: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2019. p. 234.

NEWMAN, Nic. et al. Reuters Institute Digital News Report 2020. Oxford: Reuters Institute, Oxford University, 2020. Disponível em: < https://reutersinstitute.politics.ox.ac.uk/sites/default/files/2020-06/DNR_2020_FINAL.pdf >. Acesso em: 09 jun. 2021.

OLIVEIRA, Ivana; SOUSA, Maíra Evangelista de; ABREU, Giovanna Figueiredo de. O Combate à desinformação sobre a pandemia de covid-19 na Amazônia: o caso do perfil da Sespa (PA) no Instagram. Revista P2P e INOVAÇÃO, v. 7, p. 141-160, 2020. Disponível em: < http://revista.ibict.br/p2p/article/view/5460/5077 >. Acesso em: 22 jan. 2021.

RECUERO, Raquel; SOARES, Felipe Bonow. O discurso Desinformativo sobre a cura do COVID-19 no Twitter: estudo de caso. 2020. Disponível em: < https://www.e-compos.org.br/e-compos/article/view/2127/2008>. Acesso em 05 mai. de 2021.

RECUERO, Raquel. et al.Desinformação sobre o Covid-19 no WhatsApp: a pandemia enquadrada como debate político. 2020. Disponível em: < https://preprints.scielo.org/index.php/scielo/preprint/view/1334/2090>. Acesso em 05 mai. de 2021.

RECUERO, Raquel; SOARES, Felipe; ZAGO, Gabriela. Polarização, Hiperpartidarismo e Câmaras de Eco: como circula a desinformação sobre Covid-19 no Twitter. 2020. Disponível em: < https://preprints.scielo.org/index.php/scielo/preprint/view/1154/1740>. Acesso em 05 mai. de 2021

RIPOLL, Leonardo; CANTO, Fabio Lorensi do. Fake news e "viralização": responsabilidade legal na disseminação de desinformação. 2019. Disponível em: < https://brapci.inf.br/index.php/res/download/127757 >. Acesso em 22 jun. 2021.

RIPOLL, Leonardo; MATOS, José Claudio Morelli. Zumbificação: a desinformação e o caos informacional. 2017. Disponível em: < https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/918 >. Acesso em 17 jun. de 2021.

SALA, Fabiana; LOPES, Fernando Cruz; SANCHES, Gisele Aparecida Ribeiro; BRITO, Tânia Regina de. Bibliotecas universitárias em um cenário de crise: mediação da informação nas redes sociais durante a pandemia de COVID-19. Informação em Pauta, Fortaleza, v. 5, n. 1, p. 10-32, jan./jun. 2020. Disponível em: . Acesso em: 05 mai. de 2021.

SARACEVIC, T. Information Science. In: Marcia J. Bates and Mary Niles Maack (Eds.) Encyclopedia of Library and Information Science. New York: Taylor & Francis, 2009. p 2570-2586.

SERRANO, P. Desinformação: como os meios de comunicação ocultam o mundo. Rio de Janeiro: Espalhafato, 2010.

VARELA, A. V.; BARBOSA, M. L. A.; FARIAS, M. G. G. Humanismo e tecnologia na perspectiva da competência informacional e midiática. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, v. 13, p. 280-300, jan. 2017.

Downloads

Publicado

2022-06-28

Como Citar

da C. Pacheco, J. P., & Marques Gerlin, M. N. (2022). Competências necessárias no combate à desinformação: um estudo no contexto da rede social durante a crise sanitária. Asklepion: Informação Em Saúde, 2(1), 139–159. Recuperado de https://asklepionrevista.info/asklepion/article/view/43