Participação da sociedade civil na Política Nacional de Informação e Informática em Saúde (PNIIS)

Autores

  • Patricia Fernandes Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Barbara Coelho Neves Universidade Federal da Bahia

Palavras-chave:

Sociedade civil, Políticas Públicas, Cidadania, Política Nacional de Informação e Informática em Saúde (PNIIS)

Resumo

Para este estudo, compreendemos como Estado, uma forma de organização do poder político com soberania e tem como papel garantir a segurança, a justiça e o bem-estar econômico e social. Tais atribuições podem sofrer alterações, com maior ou menor ênfase, que contribuem para que o Estado se altere e estabeleça novos modelos de comportamentos e de valores. Este estudo faz parte da pesquisa que foi desenvolvida, apresentada e aprovada no curso de doutorado em Ciências da Educação da Universidade do Minho. Utilizamos como referencial teórico abordagens de políticas públicas, de Movimentos sociais, políticas educacionais e da informação em saúde. O objeto em perspectiva é a Política Nacional de Informação e Informática em Saúde do Brasil. Trata-se, portanto, de uma pesquisa de abordagem qualitativa, cujo propósito se debruça em reconsiderar ou reconstruir a realidade dos fenômenos observados. Como método de investigação, optamos por desenvolver um estudo explicativo, cujo levantamento dos dados foi uma pesquisa bibliográfica. Como resultado apontamos que na atual sociedade, tanto a informação quantos os meios disponíveis para obtê-la, oferece ao indivíduo empoderamento, assim, a informação constitui elemento importante para a participação cidadã e para isso, no campo da política de informação em saúde, os sistemas devem promover a informação e reforçar a capacidade das políticas públicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patricia Fernandes, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Bibliotecária da UFRB, Especialista em Metodologia da Pesquisa, Mestra em Ciências Sociais/UFRB, Doutora em Ciências da Educação/UFRB/UMinho. Pesquisadora do LTI Digital

Barbara Coelho Neves, Universidade Federal da Bahia

Docente do ICI-UFBA. Pós-doutora em Ciência da Informação (UNB) e doutora em Educação (UFBA). Mestre em CI (UFBA). Pesquisadora Líder do LTI Digital da UFBA. 

Referências

ARROYO, M. G. Reinventar a política: reinventar o sistema de educação. Educação & Sociedade, n. 124, 2013.

BALL, Stephen J; MAINARDES, Jefferson (orgs.). Políticas Educacionais: questões e dilemas. Olhar de Professor, v. 15, n. 2, p. 399-405, 19 fev. 2011.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria-Executiva. Departamento de Monitoramento e Avaliação do SUS. Política Nacional de Informação e Informática em Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2016.

BENDRATH, Eduard Angelo. Convergências e distanciamentos na educação não- formal: uma análise dos relatórios da UNESCO. Propuesta educativa (Online), Ciudad Autonoma de Buenos Aires, n. 45, p. 69-80, Maio 2016. Disponível em: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1995-77852016000100008&lng=en&nrm=iso. Acessado em: 09 out. 2021.

CAVALCANTE, Ricardo Bezerra et al. Panorama de definição e implementação da Política Nacional de Informação e Informática em Saúde. Cadernos de Saúde Pública [online]. 2015, v. 31, n. 5, p. 960-970. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0102-311X00095014. Acessadoem: 08 out. 2021.

DAGNINO, Renato. A relação pesquisa-produção: em busca de um enfoque alternativo. In: SANTOS, L. et al. Ciência, tecnologia e sociedade: o desafio da interação. Londrina: Iapar, 2004.

GOHN, Maria da Glória. Empoderamento e participação da comunidade em políticas sociais. Saúde e Sociedade [online]. 2004, v. 13, n. 2, p. 20-31. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0104-12902004000200003. Acessado: 09 out. 2021.

GRAMSCI, A. Cadernos do cárcere: temas de cultura, ação católica, americanismo e fordismo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001b. v. 4.

SANTANA, V. S.; OLIVEIRA, R. P. Saúde e trabalho na construção civil em uma área urbana do Brasil. Cadernos de Saúde Pública [online]. 2004, v. 20, n. 3, p. 797-811. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0102-311X2004000300017. Acessado em: 09 out. 2021.

SANTOS, Talianne Rodrigues et al. Políticas públicas direcionadas às pessoas com deficiência: uma reflexão crítica. Revista Ágora, Vitória, n. 15, 2012, p. 110-119.

SCHERER-WARREN, Ilse. Das mobilizações às redes de movimentos sociais. Soc. estado., Brasília, v. 21, n. 1, Apr. 2006.

TEIXEIRA, C. F. Epidemiologia e Planejamento de Sa ̇de. In: ROUQUAYROL, M. Z.; ALMEIDA FILHO, N. Epidemiologia & saúde. 6.ed. Rio de Janeiro: MEDSI, 2003.

Downloads

Publicado

2021-10-25

Como Citar

Fernandes, P. ., & Neves, B. C. (2021). Participação da sociedade civil na Política Nacional de Informação e Informática em Saúde (PNIIS) . Asklepion: Informação Em Saúde, 1(2), 32–40. Recuperado de https://asklepionrevista.info/asklepion/article/view/28