Construindo um plano de contingência para a covid-19 em uma maternidade pública no Rio Grande do Norte - PB

Autores

  • Pollianna Marys de Souza e Silva
  • Viviane Maria Patricio de Lucena Oliveira
  • Monalisa Alexandre Honorato

Palavras-chave:

Administração em Saúde. Pandemia COVID-19. Prevenção.

Resumo

 COVID-19, doença responsável pela pandemia em 2020, fez com que muitos setores de saúde mudassem sua forma de trabalho e funcionamento, trazendo a necessidade da criação de planos de contigências para um melhor enfrentamento da pandemia. O estudo objetiva demonstrar o plano de contingência para o enfrentamento da COVID-19 em uma maternidaAde. Metodologia: pesquisa documental e ação participativa, utilizando fontes documentais (repositórios da Organização Mundial de Saúde, da Fiocruz, do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte) e fontes secundárias como artigos e pré prints. Após a primeira edição, houve mais seis modificações até o Plano de Contingência ficar a contente e atingir o objetivo de prevenir a contaminação de usuárias, acompanhantes e servidores. Para isso, foi necessário alteração do fluxo de funcionamento da maternidade, bem como novas rotinas e maiores capacitações e treinamentos por parte dos profissionais de saúde. Percebeu-se que as melhores ações estratégicas atualmente são as medidas preventivas de contágio e higiene, educação em saúde a nível hospitalar, os equipamentos de proteção individual (EPI) e o cumprimento do calendário de vacinação por todos os funcionários e usuários do serviço.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALBUQUERQUE, N.L.S. Planejamento operacional durante a pandemia de COVID-19: comparação entre recomendações da Organização Mundial da Saúde e o plano de contingência nacional. Cogitare Enfermagem, v. 25, 2020. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v25i0.72659. Acesso em: 30 out. 2022.

BATISTA NETO, J.B.S. et al. Construção de tecnologias educativas como forma de educação em saúde para a prevenção da Covid-19: relato de experiência. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 12, n. 9, p. e3737-e3737, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.25248/reas.e3737.2020. Acesso em: 29 out. 2022.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria-Executiva, Secretaria de Gestão do Trabalho e

da Educação na Saúde. Glossário Temático: gestão do trabalho e da educação na saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 2012.

CARNEIRO-LEÃO, L. et al. Gestão e plano de contingência do Serviço de Imunoalergologia do Centro Hospitalar e Universitário de S. João no contexto da pandemia por COVID-19. Revista Portuguesa de Imunoalergologia, v. 28, n. 3, p. 161-171, 2020. Disponível em: https://www.spaic.pt/client_files/rpia_artigos/pgina-educacional.pdf. Acesso em: 30 out. 2022.

DAL PAI, D. et al. Repercussões da pandemia pela COVID-19 no serviço pré-hospitalar de urgência e a saúde do trabalhador. Escola Anna Nery, v. 25, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.1590/2177-9465-EAN-2021-0014. Acesso em: 03 nov. 2022.

FERNANDES, J. N.; ROSSIT, R. A. S. Educação Permanente em Saúde na Perspectiva do Trabalho em Equipe e da Prática Colaborativa: Cenários e Oportunidades de Transformação das Práticas. Educação Permanente em Saúde: Saberes, Trajetórias e Formação, v.2. p. 18-37, 2020. Disponível em: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/58427. Acesso em 28 out. 2022.

GOMES, I. L. V. et al. Reflexões sobre a pandemia COVID-19 e ações de educação permanente em enfermagem num hospital. Global Academic Nursing Journal, v. 1, n. 3, p. e50-e50, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.5935/2675-5602.20200050. Acesso em: 28 out. 2022.

MICHEL, M. H. Metodologia e Pesquisa Científica em Ciências Sociais. 2 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

NASSAR, P. R. B. et al. Gestão de risco e as estratégias do plano de contingência para COVID-19. Revista Enfermagem UERJ, v. 28, p. 55415, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.12957/reuerj.2020.55415. Acesso em: 30 out. 2022.

OLIVEIRA, A. C. et al. Gestão hospitalar de equipamentos de proteção individual no enfrentamento à pandemia covid19. Brazilian Journal of Development, v. 7, n. 3, p. 23814-23831, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.34117/bjdv7n3-203. Acesso em: 03 nov. 2022.

NEGRI FILHO, A. A Organização da Urgência no SUS. SANARE Revista de Políticas Públicas, v.3, n.1, p. 15-19, 2002. Disponível em: https://sanare.emnuvens.com.br/sanare/article/view/78. Acesso em: 03 nov. 2022.

SANTOS, J. L. G. et al. Como os hospitais universitários estão enfrentando a pandemia de COVID-19 no Brasil?. Acta Paulista de Enfermagem, v. 33, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.37689/acta-ape/2020AO01755. Acesso em: 30 out. 2022.

SANTOS, R. L. N et al. Potencialidade da Educação Permanente na prevenção da infecção pelo Covid-19 em profissionais de saúde: relato de experiência. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 13, n. 3, p. e6465-e6465, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.25248/reas.e6465.2021. Acesso em: 31 out. 2022.

SOUZA, J. S. et al. Ações de educação em saúde para prevenção da Covid-19 por meio da utilização de mídias sociais. Arquivos de Ciências Veterinárias e Zoologia da UNIPAR, v. 23, n. 2cont, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.25110/arqvet.v23i2cont.2020.8185. Acesso em: 30 out. 2022.

TRIPP, D. Pesquisa-ação: uma introdução metodológica. Educação e pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 3, p. 443-466, set/dez. 2005. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1517-97022005000300009. Acesso em: 31 out. 2022.

VICENTE, C.A.B. et al. Educação, Trabalho e Gestão na Saúde: reflexões, reflexos e ações. Educação permanente sobre abordagem clínica e cuidados precoces à Covid-19 na atenção primária e vigilância à saúde na Bahia. Guarujá: Científica Digital, 2021. p. 46-62. Disponível em: https://downloads.editoracientifica.org/articles/210605129.pdf. Acesso em: 28 out. 2022.

Publicado

2022-11-18

Como Citar

SILVA, P. M. de S. e; OLIVEIRA, V. M. P. de L.; HONORATO, M. A. Construindo um plano de contingência para a covid-19 em uma maternidade pública no Rio Grande do Norte - PB. Asklepion: Informação em Saúde, Rio de Janeiro, RJ, v. 2, p. 95–104, 2022. Disponível em: https://asklepionrevista.info/asklepion/article/view/54. Acesso em: 8 dez. 2022.