Profissões suscetíveis à síndrome de burnout

uma revisão de literatura

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21728/asklepion.2024v3n1e-92

Palavras-chave:

Trabalho, Estresse, Burnout, esgotamento emocional

Resumo

Este artigo apresenta uma análise de estudos científicos dedicados à temática Síndrome de Burnout, objetivando elencar os profissionais mais propensos ao seu desenvolvimento. Para tanto, foi estabelecida uma revisão integrativa da literatura, que teve como base metodológica uma pesquisa bibliográfica, realizada nas bases de dados como Scielo, PubMed e PePSIC, Google Acadêmico, além de livros, considerando o período de 2000 a 2024. Como resultado o estudo conferiu que os enfermeiros e professores são os que mais desenvolvem a Síndrome de Burnout, porém, o distúrbio pode ser desenvolvido por profissionais de qualquer área. Colocando-se como importante a atuação administrativa das organizações para prevenir o acometimento do Burnout.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Irineia Florister Gomes de Oliveira, Universidade Santa Úrsula

Graduada em Psicologia pela Universidade Santa Úrsula

https://orcid.org/0009-0007-2352-9280

Natasha dos Santos, Universidade Santa Úrsula

Graduada em Psicologia pela Universidade Santa Úrsula

https://orcid.org/0009-0001-9556-1243

Maria Claudete Silva, Universidade Santa Úrsula

Possui graduação em Psicologia e Administração de Empresas, especialização em Terapia Cognitivo Comportamental, Neuropsicologia, Gestão de Recursos Humanos e Psicopedagogia. Mestre em administração e desenvolvimento empresarial e doutorado em psicologia na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) no departamento de psicometria com desenvolvimento em pesquisa sobre mindfulness e psicologia positiva. Professora do curso de graduação em psicologia Universidade Santa Úrsula (USU).

https://orcid.org/0009-0000-7250-8944

Referências

ABREU-RODRIGUES, F. Alta produtividade e a relação com a síndrome de burnout. RECISATEC - Revista Científica Saúde e Tecnologia, v. 1, n. 4, p 1-7, 2021.

BENEVIDES-PEREIRA, A.M.T. Burnout: quando o trabalho ameaça o bem-estar do trabalhador. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2002.

BENEVIDES-PEREIRA, A.M.T. O Estado da Arte do Burnout no Brasil. Revista Eletrônica InterAção Psy., v. 1, n. 1, p 4-11, 2003. Disponível em: https://gepeb.files.wordpress.com/2011/12/o-estado-da-arte-do-burnout-no-brasil.pdf. Acesso em: 15 Jan. 2024.

BOTTINI, M. Professor Adoece No Trabalho: Síndrome de Burnout, efeitos na ação pedagógica. Dissertação de Mestrado em Educação apresentada à Universidade Passo Fundo (UPF). Passo Fundo: UPF, 2009. Disponível em: http://tede.upf.br/jspui/bitstream/tede/653/1/2009MariaEmiliaBottini.pdf. Acesso em: 15 Jan. 2024.

BURGER, M.A.F. Burnout e trabalho universitário produtivo. Dissertação de Mestrado em Psicologia Escolar apresentada à Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Campinas: PUC-Campinas, 2003. Disponível em: https://repositorio.sis.puc-campinas.edu.br/bitstream/handle/123456789/15910/ccv_ppgpsico_me_Marly_AFB.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 15 Jan. 2024.

CABRAL, L.F.; SANTOS, T.L.; HIPOLITO, D.D.C; VITOR, T,S. Síndrome de Burnout: ameaça à saúde do trabalhador. Revista Expressão da Estácio, v. 5, n. 1, p. 70-92, 2021. Disponível em: https://estacio.periodicoscientificos.com.br/index.php/REDE/article/view/44. Acesso em: 15 Jan. 2024.

CARDOSO, H.F; BAPTISTA, M.N.; SOUZA, D.F.A.; AMORIM, F.; GOULART JÚNIOR, E. Síndrome de Burnout: Análise da literatura nacional entre 2006 e 2011. Revevista de Psicologia, v. 17, n. 2, p. 121-128, 2017. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1984-66572017000200007. Acesso em: 15 Jan. 2024.

CARVALHO, E.H.; OLIVEIRA, C.R.P.F.; PINTO, M.F. Síndrome de Burnout e a invisibilidade dos problemas de saúde mental do trabalhador. Unisanta Law and Social Science, v. 7, n. 3, p. 259-274, 2019. Disponível em: https://periodicos.unisanta.br/index.php/lss/article/view/1713. Acesso em: 15 Jan. 2024.

CARVALHO, M.P.; MACÊDO, M.E.C. Síndrome de Burnout em Docentes. Id on Line Rev.Mult. Psic., v. 14, n. 50, p. 284-301, 2020. Disponível em: https://idonline.emnuvens.com.br/id/article/view/2396. Acesso em: 15 Jan. 2024.

CASTRO, F.G.; ZANELLI, J.C. Síndrome de Burnout e Projeto de Ser. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho, v. 10, n. 2, p. 17-33, 2007. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/cpst/v10n2/v10n2a03.pdf. Acesso em: 15 Jan. 2024.

CHIAVENATO, I. Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. 4 Ed. Barueri: Manole, 2014. Disponível em:https://biblioteca.unisced.edu.mz/bitstream/123456789/2347/1/Idalberto-Chiavenato-Gestao-de-Pessoas-o-Novo-Papel.pdf. Acesso em: 15 Jan. 2024.

CUNHA, N.C.; REIS, T.M.P; CUNHA, T.N.B.; CUNHA, N.B. Estresse dentro das organizações de trabalho. Getec, v. 5, n. 9, p. 1-17, 2016. Disponível em: https://revistas.fucamp.edu.br/index.php/getec/article/view/771. Acesso em: 15 Jan. 2024.

DELICATA, A. Beat burnout before it beats you: How to stress-proof your way out of it. Malta CEOs, 2024. Disponível em: https://maltaceos.mt/beat-burnout-before-it-beats-you-how-to-stress-proof-your-way-out-of-it/. Acesso em: 15 Jan. 2024.

DICIONÁRIO ETIMOLÓGICO. Etimologia e Origem das Palavras. 2024. Disponível em: https://www.dicionarioetimologico.com.br/trabalho/. Acesso em: 15 Jan. 2024.

FRANCO, M.V.; REIS, K,P,; FIALHO, M.L.; OLIVEIRA, R.B.; SANTOS, H.L. Síndrome de Burnout e seu enquadramento como acidente do trabalho. Interciência, v. 17, p. 1-13, 2019. https://uniesp.edu.br/sites/_biblioteca/revistas/20190312105103.pdf. Acesso em: 15 Jan. 2024.

FREUDENBERGER, H. Staff Burn-out. Journal of Social Issues, v. 30, n. 1, p. 159-165, 1974.

GENUÍNO, S.L.V.; GOMES, M.S.; MORAES, E.M. O estresse ocupacional a Síndrome de Burnout no ambiente de trabalho: suas influências no comportamento dos professores da rede privada de ensino médio de João Pessoa. Revista Anagrama, v. 3, n. 2, p. 1-9, 2009. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/anagrama/article/view/35426/38145. Acesso em: 15 Jan. 2024.

GONÇALES, C.A.; GONÇALES, R.A. Síndrome de Burnout: causas e consequências em diversos profissionais. Revista Brasileira de Psicologia, v. 3, n. 2, p. 49-65, 2017. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/318913130_Sindrome_de_Burnout_causas_e_consequencias_em_diversos_profissionais. Acesso em: 15 Jan. 2024.

KANAANE, R. Comportamento Humano nas Organizações: O Homem Rumo ao Século XXI. 3 Ed. São Paulo: Atlas, 2017.

LACAZ, F.A.C. O campo Saúde do Trabalhador: resgatando conhecimentos e práticas sobre as relações trabalho-saúde. Caderno de Saúde Pública, v. 23, n. 4, p. 757-766, 2007.

LIMA, L.A.O.; COSTA, C.M.; AFONSO, R.A.S.; BRITO, D.L.; BENTO, G.S.; NOVO JÚNIOR, D.D.D. Estresse ocupacional e as implicações para a saúde mental de profissionais da saúde. Revista Contribuciones a Las Ciencias Sociales, v. 7, n. 1, p. 5533-5569, 2024. Disponível em: https://ojs.revistacontribuciones.com/ojs/index.php/clcs/article/view/4547/2968. Acesso em: 15 Jan. 2024.

LIMONGI-FRANÇA, A.C. Qualidade de vida no trabalho: conceitos e práticas nas empresas da sociedade pós-industrial. 2. Ed. São Paulo: Atlas, 2004. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/2649486/mod_resource/content/1/LIMONGI-FRAN%C3%87A%202004%20Qualidade%20de%20Vida%20no%20Trabalho.pdf. Acesso em: 15 Jan. 2024.

LIMONGI-FRANÇA, A.C.; RODRIGUES, A.L. Stress e trabalho: uma abordagem psicossomática. 4 Ed. São Pauo: Atlas, 2011.

MASLACH, C.; LEITER, M.P. BURNOUT. Burnout. In: FINK, G. Stress: Concepts, Cognition, Emotion, and Behavior: Handbook in Stress Series. Cambridge: Academic Press; 2016. 351-357 p.

MASLACH, C.; SCHAUFELI, W.B.; LEITER, M.P. Job burnout. Annual Review of Psychology, v. 52, n. 1, p. 397-422, 2001. Disponível em: https://doi.org/10.1016/B978-0-12-397045-9.00149-X. Acesso em: 15 Jan. 2024.

MELLO FILHO, J.; BURD, M. Psicossomática hoje. 2. Ed. São Paulo: Artmed Editora S.A, 2010.

MODESTO, J.G.; SOUZA, L.M.; RODRIGUES, T.S.L. Esgotamento profissional em tempos de pandemia e suas repercussões para o trabalhador. Revista Pegada, v. 21, n. 2, p. 376-91, 2020.

PÊGO, F.P.L.; PÊGO, D.R. Síndrome Burnout. Revista Brasileira de Medicina do Trabalho, v. 14, n. 2, p. 171-176, 2016.

PEREIRA, J.P.E. A satisfação no trabalho: uma aplicação ao sector hoteleiro da ilha de são Miguel. Dissertação de Mestrado em Gestão Estratégica apresentada à Universidade dos Açores. Açores: Universidade dos Açores, 2005. Disponível em: https://repositorio.uac.pt/bitstream/10400.3/506/1/DissertMestradoJorgeParreiraEstevesPereira.pdf. Acesso em: 15 Jan. 2024.

PRADO, C.E.P. Estresse ocupacional: causas e consequências. Revista Brasileira de Medicina do Trabalho, v. 14, n. 3, p. 285-289, 2016.

ROCHA, A.C.F. O estresse no ambiente de trabalho. Pedagogia em Foco, 2005. Disponível em: https://xdocz.com.br/doc/o-estresse-no-ambiente-de-trabalho-48gp12d13582. Acesso em: 15 Jan. 2024.

ROSA, C.; CARLOTTO, M.S. Síndrome de Burnout: um tipo de estresse ocupacional. Caderno Universitário ULBRA, v. 18, n. 1, p. 4-11, 2001.

SILVA, F.P.P. Burnout: um desafio à saúde do trabalhador. PSI -Revista de Psicologia Social e Institucional da Universidade Estadual de Londrina, v. 2, n. 1, p. 1-21, 2000. Disponível em: http://www.uel.br/ccb/psicologia/revista/textov2n15.htm. Acesso em: 15 Jan. 2024.

SOARES, J.P.; OLIVEIRA, N.H.S.; MENDES, T.M.C.; RIBEIRO, S.S.; CASTRO, J.L. Fatores associados ao burnout em profissionais de saúde durante a pandemia de Covid-19. Saúde Debate, v. 46, n. 1, p. 385-398, 2022.

TORREÃO, L.T.; DUNNINGHAM, W.A.; BARRETO FILHO, R.C. Cenário de adoecimento dos bombeiros militares pela síndrome de burnout. Revista Brasileira de Neurologia e Psiquiatria, v. 26, n. 1, p. 58-70, 2022.

VIEIRA, I.; RUSSO, J.A. Burnout e estresse: entre medicalização e psicologização. Physis: Revista de Saúde Coletiva. v. 29, n. 2, p. 1-22, 2019.

ZANELLI, J.C.; BORGES-ANDRADE, J.E.; BASTOS, A.V.B. Psicologia, Organizações e Trabalho no Brasil. Porto Alegre: Artmed; 2004.

Downloads

Publicado

19-04-2024

Como Citar

OLIVEIRA, I. F. G. de; DOS SANTOS, N.; SILVA, M. C.; MOTTA, A. C. de G. D. Profissões suscetíveis à síndrome de burnout : uma revisão de literatura. Asklepion: Informação em Saúde, Rio de Janeiro, RJ, v. 3, n. 1, p. e–92, 2024. DOI: 10.21728/asklepion.2024v3n1e-92. Disponível em: https://asklepionrevista.info/asklepion/article/view/92. Acesso em: 22 maio. 2024.