Comunicar é preciso

uma cartografia das experiências, expectativas e resultados das iniciativas de telessaúde identificadas durante a pandemia de covid-19 no sistema municipal de saúde de Palhoça – SC

Autores

  • Raphaella Tambosetti Dias Universidade do Sul de Santa Catarina
  • Flavio Ricardo Liberali Magajewski Universidade do Sul de Santa Catarina
  • Sissiane Margreiter Secretaria Municipal de Saúde de Palhoça/SC

Palavras-chave:

Sistema Único de Saúde. Comunicação em Saúde. Telemedicina. COVID-19.

Resumo

Introdução: dispositivos e soluções em telessaúde e telemedicina apresentam papel fundamental nas estratégias de assistência à saúde alinhadas à redução da transmissão viral no contexto da pandemia de COVID-19. Objetivo: identificar, caracterizar e analisar as iniciativas de telessaúde criadas e utilizadas pelo Sistema Municipal de Saúde do município de Palhoça – SC no período da pandemia pelo SARS-CoV-2. Metodologia: trata-se de uma pesquisa qualiquantitativa que utiliza a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo (Lefèvre e Lefèvre, 2000) na análise às respostas das perguntas abertas de natureza qualitativa. Resultados: em 93,3% das respostas, os entrevistados concordam que os Teleatendimentos foram imprescindíveis no contexto da pandemia. Teleatendimento nas áreas de fonoaudiologia, fisioterapia, odontologia, medicina, nutrição, psicologia e a Teleorientação são algumas das principais iniciativas reconhecidas. Conclusões: a ampliação e organização dos Teleserviços são possíveis e dependem de melhorias em infraestrutura e capacitação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CAETANO, Rosângela et al. Desafios e oportunidades para telessaúde em tempos da pandemia pela COVID-19: uma reflexão sobre os espaços e iniciativas no contexto brasileiro. Cadernos de Saúde Pública, v. 36, 2020.

DRAKE, Connor et al. Understanding telemedicine's “new normal”: variations in telemedicine use by specialty line and patient demographics. Telemedicine and e-Health, v. 28, n. 1, p. 51-59, 2022.

FALCÃO, Paula Priscilla Houly Lopes; SANTOS, Maria de Fátima de Souza. O Home office na pandemia do Covid19 e os impactos na saúde mental. Rev. Bras. Psicoter.(Online), p. 63-78, 2021.

FAZIO, Matia et al. LinguAPP: An m-Health Application for Teledentistry Diagnostics. International Journal of Environmental Research and Public Health, v. 19, n. 2, p. 822, 2022.

FERNÁNDEZ, C. E. et al. Teledentistry and mHealth for promotion and prevention of oral health: a systematic review and meta-analysis. Journal of Dental Research, v. 100, n. 9, p. 914-927, 2021.

FERREIRA, Iago Gonçalves et al. Teledermatologia: uma interface entre a atenção primária e atenção especializada em Florianópolis. Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, v. 14, n. 41, p. 2003-2003, 2019.

FRANCO, Túlio Batista; MERHY, Emerson Elias. Cartografias do Trabalho e Cuidado em Saúde. Tempus Actas de Saúde Coletiva, v. 6, n. 2, p. ág. 151-163, 2012.

FRIEDMAN, Ari B. et al. Telemedicine catches on: changes in the utilization of telemedicine services during the COVID-19 pandemic. The American journal of managed care, v. 28, n. 1, p. e1-e6, 2022.

HARZHEIM, E. et al. Guia Metodológico para Programas e Serviços em Telessaúde. 2019.

HARZHEIM, Erno et al. Ações federais para apoio e fortalecimento local no combate ao COVID-19: a Atenção Primária à Saúde (APS) no assento do condutor. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, p. 2493-2497, 2020.

LEFEVRE, Ana Maria Cavalcanti; CRESTANA, Maria Fazanelli; CORNETTA, Vitória Kedy. A utilização da metododologia do discurso do sujeito coletivo na avaliação qualitativa dos cursos de especialização" Capacitação e Desenvolvimento de Recursos Humanos em Saúde-CADRHU", São Paulo-2002. Saúde e Sociedade, v. 12, p. 68-75, 2003.

LYNG, Hilda Bø et al. Balancing adaptation and innovation for resilience in healthcare–a metasynthesis of narratives. BMC health services research, v. 21, n. 1, p. 1-13, 2021.

MACIEL, Fernanda Beatriz Melo et al. Agente comunitário de saúde: reflexões sobre o processo de trabalho em saúde em tempos de pandemia de Covid-19. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, p. 4185-4195, 2020.

MALDONADO, Jose Manuel Santos de Varge; MARQUES, Alexandre Barbosa; CRUZ, Antonio. Telemedicina: desafios à sua difusão no Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v. 32, 2016.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Organização Pan-Americana da Saúde. Covid-19 e Telemedicina – Ferramenta de medição do nível de maturidade das instituições de saúde para implementar serviços de telemedicina. [S. l.: s. n.], 2020a. Disponível em: https://docs.bvsalud.org/biblioref/2020/07/1104232/covid-19-telemedicine_ratool-pt.pdf. Acesso em: 28 mar. 2021.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Organização Pan-Americana da Saúde. Saúde Digital: Uma estratégia para manter a assistência à saúde de pessoas que vivem com doenças não transmissíveis durante a pandemia de COVID-19. [S. l.: s. n.], 2020b. ISBN OPAS/EIH/IS/COVID-19/20-0015. Disponível em: https://iris.paho.org/handle/10665.2/52576. Acesso em: 7 mar. 2021.

PESSALACIA, Juliana Dias Reis. Telessaúde durante a pandemia da COVID-19 no Brasil e a enfermagem. Revista de Enfermagem do Centro-Oeste Mineiro, v. 10, 2020.

ROSENTHAL, Samantha R. et al. Breaking Down Barriers: Young Adult Interest and Use of Telehealth for Behavioral Health Services. Rhode Island medical journal (2013), v. 105, n. 1, p. 26-31, 2022.

SACHETT, Jacqueline de Almeida Gonçalves. Adaptação para o atendimento profissional de saúde em tempos de COVID-19: contribuições da telessaúde para o “novo normal”/Adaptation for professional health care in times of COVID-19: contributions from telehealth to the “new normal”/Adaptación para la asistencia sanitaria profesional en tiempos del COVID-19: contribuciones de la telesalud a la “nueva normalidad”. JOURNAL HEALTH NPEPS, v. 5, n. 2, 2020.

SISTEMA de Telemedicina e Telessaúde é ampliado em Santa Catarina. [S. l.], 7 jan. 2018. Disponível em: https://www.sc.gov.br/noticias/temas/saude/sistema-de-telemedicina-e-telessaude-e-ampliado-em-santa-catarina. Acesso em: 7 mar. 2021.

Publicado

2022-11-18

Como Citar

DIAS, R. T.; MAGAJEWSKI, F. R. L.; MARGREITER, S. Comunicar é preciso: uma cartografia das experiências, expectativas e resultados das iniciativas de telessaúde identificadas durante a pandemia de covid-19 no sistema municipal de saúde de Palhoça – SC. Asklepion: Informação em Saúde, Rio de Janeiro, RJ, v. 2, p. 56–77, 2022. Disponível em: https://asklepionrevista.info/asklepion/article/view/57. Acesso em: 8 dez. 2022.